Usando seu próprio banco de dados SQLite em aplicações Android

A maioria dos exemplos e tutoriais de aplicações Android por ai assumem que você quer criar e preencher seu banco de dados em tempo de execução e não usará um banco de dados independente com sua aplicação.

O metódo que será mostrado aqui usa um banco de dados SQLite de sua pasta “assets” e copia em um banco de dados no caminho de sua aplicação, de forma que a API SQLiteDatabase possa abrir e acessar o banco normalmente.

1. Preparando o arquivo de banco de dados SQLIte.

Assumindo que você já tem um banco de dados sqlite criado, precisamos fazer algumas modificações nele. Se você não tiver um gerenciador sqlite instalado, recomendo baixar o programa OpenSource SQLite Database Browser disponível para Win/Mac/Linux.

Abra seu banco de dados e adicione uma nova tabela chamada “android_metadata”, executando a seguinte sentença SQL:

CREATE TABLE "android_metadata" ("locale" TEXT DEFAULT 'en_US')

Agora insira uma única linha com o texto ‘en_US’ na tabela “android_metadata”:

INSERT INTO "android_metadata" VALUES ('en_US')

Depois , é necessário renomear o campo id primário de suas tabelas para “_id” para que o Android saiba qual a chave primária de suas tabelas. Você pode facilmente fazer essas mudanças no SQLite Database Browser pressionando o botão “edit table”, e depois selecionando a tabela que quer editar e finalmente selecionando o campo que quisr renomear.

Depois de renomear o campo id de todas as tabelas para “_id”, e adicionar a tabela “android_metadata”, seu banco de dados está pronto para ser usado em sua aplicação Android.

Nota: na imagem podemos ver as tabelas “Categories” e “Content” com o campo id renomeado para “_id” e a tabela “android_metadata” adicionada.

2. Copiando, abrindo e acessando seu banco de dados em sua aplicação Android.

Agora, coloque o banco de dados na pasta “asset” de seu projeto e crie uma classe Database Helper baseada na calsse SQLIteOpenHelper do pacote “android.database.sqlite”.

Crie a sua classe DatabaseHelper dessa forma:

public class DataBaseHelper extends SQLiteOpenHelper{
 
    //The Android's default system path of your application database.
    private static String DB_PATH = "/data/data/YOUR_PACKAGE/databases/";
 
    private static String DB_NAME = "myDBName";
 
    private SQLiteDatabase myDataBase;
 
    private final Context myContext;
 
    /**
     * Constructor
     * Takes and keeps a reference of the passed context in order to access to the application assets and resources.
     * @param context
     */
    public DataBaseHelper(Context context) {
 
    	super(context, DB_NAME, null, 1);
        this.myContext = context;
    }
 
  /**
     * Creates a empty database on the system and rewrites it with your own database.
     * */
    public void createDataBase() throws IOException{
 
    	boolean dbExist = checkDataBase();
 
    	if(dbExist){
    		//do nothing - database already exist
    	}else{
 
    		//By calling this method and empty database will be created into the default system path
               //of your application so we are gonna be able to overwrite that database with our database.
        	this.getReadableDatabase();
 
        	try {
 
    			copyDataBase();
 
    		} catch (IOException e) {
 
        		throw new Error("Error copying database");
 
        	}
    	}
 
    }
 
    /**
     * Check if the database already exist to avoid re-copying the file each time you open the application.
     * @return true if it exists, false if it doesn't
     */
    private boolean checkDataBase(){
 
    	SQLiteDatabase checkDB = null;
 
    	try{
    		String myPath = DB_PATH + DB_NAME;
    		checkDB = SQLiteDatabase.openDatabase(myPath, null, SQLiteDatabase.OPEN_READONLY);
 
    	}catch(SQLiteException e){
 
    		//database does't exist yet.
 
    	}
 
    	if(checkDB != null){
 
    		checkDB.close();
 
    	}
 
    	return checkDB != null ? true : false;
    }
 
    /**
     * Copies your database from your local assets-folder to the just created empty database in the
     * system folder, from where it can be accessed and handled.
     * This is done by transfering bytestream.
     * */
    private void copyDataBase() throws IOException{
 
    	//Open your local db as the input stream
    	InputStream myInput = myContext.getAssets().open(DB_NAME);
 
    	// Path to the just created empty db
    	String outFileName = DB_PATH + DB_NAME;
 
    	//Open the empty db as the output stream
    	OutputStream myOutput = new FileOutputStream(outFileName);
 
    	//transfer bytes from the inputfile to the outputfile
    	byte[] buffer = new byte[1024];
    	int length;
    	while ((length = myInput.read(buffer))>0){
    		myOutput.write(buffer, 0, length);
    	}
 
    	//Close the streams
    	myOutput.flush();
    	myOutput.close();
    	myInput.close();
 
    }
 
    public void openDataBase() throws SQLException{
 
    	//Open the database
        String myPath = DB_PATH + DB_NAME;
    	myDataBase = SQLiteDatabase.openDatabase(myPath, null, SQLiteDatabase.OPEN_READONLY);
 
    }
 
    @Override
	public synchronized void close() {
 
    	    if(myDataBase != null)
    		    myDataBase.close();
 
    	    super.close();
 
	}
 
	@Override
	public void onCreate(SQLiteDatabase db) {
 
	}
 
	@Override
	public void onUpgrade(SQLiteDatabase db, int oldVersion, int newVersion) {
 
	}
 
        // Add your public helper methods to access and get content from the database.
       // You could return cursors by doing "return myDataBase.query(....)" so it'd be easy
       // to you to create adapters for your views.
 
}

E é isso!

Agora você pode criar uma instância da classe DatabaseHelper e chamar os metódos createDataBase() e openDataBase(). Lembre de mudar o texto “YOUR_PACKAGE” para o namespace de sua aplicação (por exemplo: com.exemplename.myapp) na string DB_PATH.

Traduzido de www.reigndesign.com