Primeiros passos para o desenvolvimento de um plugin para o Chrome (Hello, World!)

Esse tutorial vai lhe guiar na criação de uma extensão simples para o Chrome. Você irá adicionar um ícone ao Google Chrome que, ao ser clicado, exibe uma página gerada automaticamente.

Continuar lendo Primeiros passos para o desenvolvimento de um plugin para o Chrome (Hello, World!)

Introdução ao JSON

O JSON é um formato de troca de dados leve. É compreensível para humanos a leitura e escrita. É fácil para a máquina processar e gerar arquivos nesse formato. É baseado em um sub-conjunto da JavaScript Programming LanguageStandard ECMA-262 3rd Edition – December 1999. O JSON é um formato de texto que é completamente independente de linguagem mas usa convenções que são familiares a programadores da família C de linguagens, incluindo C, C++, C#, Java, JavaScript, Perl, Python e muitas outras. Essas propriedades tornam JSON uma linguagem ideal para intercâmbio de dados.

Continuar lendo Introdução ao JSON

Iniciando com o JSON – JavaScript Objection Notation

JSON quer dizer JavaScript Objection Notation, e nada mais é do que um conjunto de chaves e valores, que podem ser interpretadas por qualquer linguagem. Toda essa estrutura, foi criada apartir do padrão ECMA-262, que por sua vez possui convenções muito semelhante às linguagens como C, C#, C++, Java, JavaScript, Perl, Python e várias outras. Com estas características, o JSON se torna o formato ideal para troca de informações independente da linguagem.

Referencia (imasters.com.br)