Profundidade de campo

Profundidade de campo se refere a faixa de distância que parece aceitavelmente nítida. Ela varia dependendo do tipo da câmera, abertura e distância de foco, apesar do tamanho da impressão e distância de visualização possam também influenciar nossa percepção da profundidade de campo. Esse artigo é projetado para fornecer entendimento intuitivo e técnico melhor para fotografia, e fornecer um forma de calcular a profundidade de campo para mostrar como ela varia de acordo com os ajustes da câmera.

Continuar lendo Profundidade de campo

Usando a câmera no Android (Tradução da documentação oficial)

O framework do Android inclui suporte para várias câmeras e recursos de câmera disponíveis em dispositivos diversos, permitindo que você capture imagens e vídeos em suas aplicações. Esse artigo irá mostra de forma rápida e simples como capturar imagens e vídeos e mostrará uma abordagem avançada para criar experiências personalizadas utilizando a câmera aos usuários de seu aplicativo.

Continuar lendo Usando a câmera no Android (Tradução da documentação oficial)

Tomadas, ângulos e movimento de câmera, iluminação, cinematografia e mise en scene

Nesse artigo, publicado originalmente no site skwirk.com.au, dá uma visão geral sobre os conceitos básicos relacionados a fotografia de filmes, como uso da câmera, iluminação e outros.

Continuar lendo Tomadas, ângulos e movimento de câmera, iluminação, cinematografia e mise en scene

Utilizando os sensores do Android em sua aplicação para monitoramento do ambiente externo

A plataforma Android é idela, especialmente por causa dos desenvolvvedores Java, para criar aplicações inovadoras que fazem uso de sensores de hardware. Vamos ver nesse artigo algumas das opções de interface disponiveis para aplicações Android, incluindo o uso do sub-sistema de sensores e gravação de trechos de audio.

Continuar lendo Utilizando os sensores do Android em sua aplicação para monitoramento do ambiente externo

Pesquisadores trabalham em câmera fotográfica “Open Source”

Pesquisadores da Universidade de Stanford, nos EUA, estão trabalhando em um projeto que pode revolucionar o mundo da fotografia digital. Seu objetivo é desenvolver uma “plataforma” aberta para fotografia, onde todos os parâmetros normalmente definidos no hardware da máquina, de opções de auto nível como sistema de medição de foco e exposição a itens próximos ao hardware como o algoritmo para remoção de ruído, possam ser reprogramados pelo usuário.

Referencia (http://www.geek.com.br)