Criando bibliotecas estáticas no Linux usando C/C++

Um dos aspectos mais importantes das linguagens modernas é o conceito de reutilização de código. Mesmo a linguagem C permite que reutilizemos nosso código usando conceitos como funções e estruturas. A linguagem C++ segue um passo adiante e permite que agrupemos variáveis e funções em classes com o mesmo propósito – a reutilização do código. Ao usar bibliotecas vamos mais fundo nesse conceito – podemos compartilhar código entre programas completamente diferentes.

Continuar lendo Criando bibliotecas estáticas no Linux usando C/C++

Usando a biblioteca libJPEG para manipulação de imagens

Nesse artigo, iremos explanar sobre uma classe C++ que tem por objetivo abrir um arquivo JPEG, armazenando a imagem na memória para podermos manipulá-la, salvando o resultando em um novo arquivo JPEG.

Continuar lendo Usando a biblioteca libJPEG para manipulação de imagens

Criando bibliotecas Unix

No Unix (e alguns outros sitemas operacionais), uma biblioteca é uma coleção de objetos correlatos agrupados conjuntamente. Bibilotecas podem ser lincadas a outras bibliotecas  e a outros arquivos compilados para criar executáveis.

Continuar lendo Criando bibliotecas Unix