FISL 10 – dia 27/06/09 – Parte 02 – Encerramento

Com esse post, meu periodo no meu primeiro FISL chega ao fim. Após a manhã dedicada ao KDE deste dia, assiti mais duas palestras pela tarde. A segunda e última do dia relacionada ao Java e com um conhecido palestrante.

A primeira palestra foi ministrada por um doutorando aqui da Bahia (UFBA – Salvador), que falou sobre Qualidade de Software, falando um pouco de métricas para mensurar a qualidade do código. A palestra foi demasiadamente técnica e metódica, mas teve alguns pontos interessantes, como quando ele falou do egypt, um software que lê um código-fonte e calcula as métricas de qualidade do software.

Na segunda, Bruno Souza comandou uma plenária que respondeu perguntas do público sobre o futuro do Java com a recente aquisição da Sun pela Oracle.  As perguntas giraram em torno do GlassFish, servidor de aplicações que tem entre seus concorrentes produtos da Oracle, as diferenças entre a especificação JCP e a implementação OpenJDK. Os palestrantes enfatizaram bastante o aspecto da licença livre do OpenJDK, o que permitiria que o Java seja independente de qualquer empresa. Quanto ao GlassFish, foi lembrado que além dele ser livre como o OpenJDK, e ser parte da Implementação de referência de Java, a própria Oracle tem contribuições no Glassfish. No resumo, a palestra foi boa, como todas as palestras lideradas pelo Bruno.

E assim chega ao fim mais um FISL. Com base nas palestras, sint vontade de ir ao Latinoware em outubro em Curitiba, mas acho que não vai dar. Também devo estra trabalhando mais com Qt, mas isso é um desejo antigo, e espero conseguir agora, com o incentivo de poder contribuir para o projeto KDE. Também devo estar me aprofundando em quatro temas, que devem culminar em artigos aqui: 8 regras de segurança em banco de dados, pgScript, Eclipse RCP e Web semantica. Aguardem os próximos posts.